SANGRE IBÉRICO

Saídos da ultima edição do Got Talent Portugal,  os “Sangre Ibérico” revelaram-se um dos mais interessantes projectos musicais surgidos em Portugal nos últimos tempos. Fortemente influenciados pelo flamenco, e pelo fado, unem os dois países na transformação de fados, e de musica tradicional portuguesa, em rumbas flamencas, para além de escolherem, e arranjarem temas originais, e também em castelhano. Servidos por músicos de excelência, possuem um dos melhores guitarristas do género a tocar em Portugal, e uma voz única, numa mistura de rouquidão, sensibilidade, alma e timbre. Os “Sangre Ibérico” são nesta altura apontados como uma das maiores revelações da música portuguesa, tendo já assinado um contrato de 3 anos com uma das maiores editoras do mundo, a Sony Music, e esperam-se para breves novidades ao nível discográfico.


Os “Sangre Ibérico” formaram-se em 2014, inicialmente só voz e guitarra, André Amaro, e Alexandre Pereira, Cajon,  e deram o seu primeiro concerto a 5 de Julho de 2014 em Vila Franca de Xira. Em Setembro de 2015 conhecem o terceiro elemento que se haveria de juntar à banda, Paulo Maia, o guitarrista que procuravam, para dar o toque final ao projecto ambicionado.


O grupo é assim feito de 3 jovens, com idades compreendidas entre os 21 e os 26 anos. André Amaro, Voz e Guitarra, estranhamente só começa a cantar aos 20 anos, e foi a surpresa geral daqueles que inicialmente o escutaram ficando desde logo impressionados com as qualidades vocais demonstradas. 

Sendo oriundo da Aldeia do Bispo, Sabugal, Guarda, sempre teve intenso contacto com a raia espanhola, o que se traduz agora num castelhano perfeito, que em muito beneficia as suas interpretações. O Alexandre Pereira vem de Vila Franca de Xira, e o meio onde nasceu, e cresceu, despertaram-no para a musica flamenca, tendo desde muito novo começado a tocar, e a interessar-se pelo “Cajon”, é hoje um dos mais interessantes executantes deste instrumento. O Paulo Maia, ultimo elemento a chegar ao grupo, foi o impulsionador da participação do grupo no Got Talent, tendo-se vindo a revelar a decisão mais acertada que o grupo tomou, já que as intenções iniciais do Guitarrista do grupo, eram exactamente as de poderem publicamente, e num programa de enorme visibilidade, mostrarem o seu talento, o que se viria a confirmar. Paulo Maia é natural de Setubal, e desde novo assistia a momentos musicais com indivíduos de raça cigana, e aí começou o seu interesse, quer por este género musical, quer pela guitarra clássica. Acreditando no seu sonho, ruma a Barcelona para aprender a tocar o instrumento por que se apaixonara. Volta mais forte, mais capaz e sobretudo muito melhor executante. 

 

E estes são, e assim se formaram os “Sangre Ibérico”, provavelmente o melhor projecto musical surgido em Portugal nos últimos tempos!

Sangre Ibérico | Cavalgada
REDES SOCIAS
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
CONTACTOS

AGENCIAMENTO

Paulo Gil

paulogil@pgbooking.pt

Carla Guerreiro

carlaguerreiro@pgbooking.pt

EDITORA

© 2018  |  PG Booking | Agenciamento e Produção de Espetáculos