NUNO GUERREIRO

NUNO GUERREIRO
NUNO GUERREIRO
NUNO GUERREIRO

Nuno Guerreiro é vocalista da “Ala dos Namorados” há mais de 25 anos. Com a “Ala” pisou muitos palcos um pouco por todo o mundo e gravou muitas canções que na sua voz se tornaram parte do imaginário coletivo.

 

A par disso, Nuno Guerreiro foi investindo numa carreira a solo gravando os discos “Carta de Amor”, que recebeu um Disco de Ouro e “Tento saber” (Disco de Prata).

 

Regressa agora a solo com “Na hora certa”  - um disco que é um mergulho para dentro de si mesmo. Para fazer essa viagem, Nuno convidou o compositor Pedro Jóia e o letrista Tiago Torres da Silva que compuseram todas as canções onde o cantor se desnuda, se expõe, se revela como nunca antes; canções que falam de amores luminosos e sombrios, que falam da alegria da paixão e do medo de dormir com o inimigo; canções que se passeiam pelo amor a dois e por encontros casuais; canções que não se envergonham dos erros e dos acertos. Canções profundas como “Ser quem sou” ou “Do lado errado” ou irónicas e ritmadas como “Duplo sentido”, “Ladrão” ou “Ir em cantigas. Canções que procuram sempre o outro e, por isso mesmo, Nuno convidou a cantora Maria João e o cantor Noble para com ele dividirem os vocais em dois dos temas que compõem “Na hora certa”.

 

João Frade, Norton Daiello e Vicky Marques juntaram-se ao grupo colorindo cada canção com matizes ora festivos, ora contidos criando com Pedro Jóia a base onde a voz de Nuno Guerreiro poderia revelar-se mais madura, mais corajosa, mais vibrante.

 

O disco chega na hora certa. Como Nuno afirma na canção “Ser quem sou”: “agora chegou a hora de ser quem sou!”