MARIA ANA BOBONE

MARIA ANA BOBONE
MARIA ANA BOBONE

Maria Ana Bobone é unânimemente reconhecida como uma das melhores artistas da sua geração: estreou-se a cantar Fado os 16 anos, tendo concluído posteriormente os cursos de Piano e de Canto do Conservatório Nacional de Música de Lisboa.

O seu primeiro trabalho discográ­co intitulado “Alma Nova”, gravado em parceria com outros dois fadistas, viria a ser o início de uma carreira brilhante.

Seguidamente, e já a solo, grava dois discos para a editora americana MA Recordings: Luz Destino e Senhora da Lapa, onde se destaca já um apurado gosto musical e onde acolhe novos instrumentos (cravo e saxofone) para além da habitual presença da Guitarra Portuguesa. Grava depois “Nome de Mar”, trabalho que lhe traz o merecido reconhecimento público e onde recolhe excelentes críticas por parte dos mais relevantes “media”. Nele, Maria Ana canta grandes poetas em brilhantes fados originais, cruzando o alinhamento com alguns fados de sempre.

As qualidades e o enorme talento de Maria Ana Bobone levam-na a efectuar diversas participações noutros projectos musicais, envolvendo-se constantemente em parcerias de sucesso. São estas mesmas qualidades que a levam a reunir à sua volta prestigiados guitarristas como Ricardo Rocha e Pedro Caldeira Cabral, cada um deles contribuindo com o empenho, a exclusividade e a beleza das suas composições e que, na voz de Maria Ana Bobone, alcançam a sonoridade desejada.

Actua sistematicamente nas principais alas de espectáculos portuguesas (Centro Cultural de Belém, Casa da Música, São Luiz, Culturgest, entre muitas outras) assim como é convidada regular em inúmeros festivais e salas relevantes pelo mundo fora, digni­cando o nome do Fado e de Portugal. Do leque destes países destacam-se Inglaterra, EUA, Brasil, Suécia, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Suiça, França, México, Itália, Marrocos, Malta e Holanda.

Lança em Junho de 2012 "Fado & Piano". Neste disco, já em parceria com o produtor Rodrigo Serrão, explora e revela a completa dimensão de todo o seu talento: compõe, escreve, canta e toca todos os temas ao piano que assume como instrumento de eleição no acompanhamento

do Fado (tradição que remonta ao início do século XX), inovando sustentada num respeito e conhecimento profundo das tradições, acompanhada pela incontornável Guitarra Portuguesa e pelo Contrabaixo.

Dezembro 2014 - Lança o album: "Smooth". Nele, a artista MTV linked para o Fado assume a composição da maioria dos temas, e revela uma outra faceta até agora desconhecida do público.

Abordando linguagens musicais tão diferentes como o Jazz, a Folk ou a Country, Maria Ana Bobone consegue recriar-se inovando, através das letras de Rodrigo serrão, produtor a quem volta a confiar as rédeas do Estúdio.